Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > Tribunal Pleno: última sessão de julgamento do ano foi realizada nesta quinta (16), na modalidade híbrida

Notícias

Tribunal Pleno: última sessão de julgamento do ano foi realizada nesta quinta (16), na modalidade híbrida

Recesso forense terá início a partir do próximo dia 20, conforme calendário oficial do TRT-13

Ações do documento

publicado: 17/12/2021 09h02 última modificação: 29/12/2021 15h26

O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba (13ª Região) realizou, nesta quinta-feira (16), a última sessão de julgamento deste ano. A sessão ocorreu na modalidade híbrida, com a presença do presidente do TRT-13, desembargador Leonardo Trajano, e do desembargador Wolney de Macedo Cordeiro no plenário, e dos demais magistrados acompanhando de forma telepresencial. O recesso forense, de acordo com o calendário oficial do Tribunal, terá início na próxima segunda-feira (20), com retorno das atividades a partir de 7 de janeiro de 2022.

Até outubro deste ano, segundo levantamento da Secretaria-geral Judiciária (Segejud), foram realizadas 33 sessões de julgamento no Tribunal Pleno, entre virtuais e telepresenciais. Para o presidente do TRT-13, o momento é de gratidão. Conforme enfatizou, mesmo sendo mais um ano duro devido à pandemia da Covid-19, o trabalho no Tribunal não parou. “Houve esforço concentrado de todos e o Regional manteve um índice de produtividade elevadíssimo. Do ponto de vista das sessões, já voltamos a ter de forma híbrida neste segundo semestre, com colegas participando das sessões no próprio plenário, e na esperança de que 2022 realmente possibilite o retorno integral presencial”, pontuou.

Além disso, reafirmou o desejo de que o Tribunal continue prestando serviços de maneira célere, efetiva e com qualidade. “Este é o momento de agradecer aos colegas pelo trabalho sério, duro e comprometido, tanto no Primeiro quanto no Segundo Grau. Agradeço, também, aos colegas do Ministério Público do Trabalho, instituição parceira, e à classe dos advogados, que é fundamental para que seja distribuída a justiça de qualidade”, destacou.

Por sua vez, o desembargador Wolney Cordeiro enfatizou que o ano de 2021 seguiu duro para a jurisdição, mas que o Tribunal, por meio dos desembargadores, juízes e servidores, conseguiu vencer todos os obstáculos para efetivar a prestação jurisdicional. “A sessão desta quinta é bastante emblemática não só por ser a última, nem por ter uma pauta relevante, mas pelo fato de representar uma retomada. A partir do próximo ano, conforme Ato da Presidência, retomaremos as atividades presenciais e espero que 2022 seja um ano mais leve e efetivo na jurisdição”, afirmou.

Sessão do Pleno 1.png




Celina Modesto
Assessoria de Comunicação Social TRT-13