Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2021 > 04 > 2021 > 04 > Posse de juízes e juízas da Justiça do Trabalho será nesta sexta (30)

Notícias

Posse de juízes e juízas da Justiça do Trabalho será nesta sexta (30)

Presidente do CSJT, ministra Maria Cristina Peduzzi, dará as boas-vindas aos magistrados. No TRT/PB serão empossadas três juízas inscritas no Processo Unificado de Remoção

Ações do documento

publicado: 27/04/2021 14h07 última modificação: 30/04/2021 16h47

A Justiça do Trabalho dará posse a 166 juízas e juízes na próxima sexta-feira (30/4). As nomeações dos novos magistrados levam em consideração a Lei Orçamentária Anual que autorizou o provimento de cargos vagos de Juiz do Trabalho Substituto. Entre os empossados, 60 foram aprovados no 1º Concurso Público Unificado para ingresso na carreira da Magistratura do Trabalho. Os demais (106) são magistrados inscritos no Procedimento Unificado de Remoção.

A presidente do CSJT, ministra Maria Cristina Peduzzi, abrirá a 3ª Sessão Ordinária Telepresencial do órgão para dar as boas-vindas aos convocados. Na sequência, os magistrados serão empossados em solenidades organizadas pelos respectivos TRTs.

O evento poderá ser acompanhado no canal oficial do CSJT no YouTube, a partir das 14h (horário de Brasília), ou diretamente no canal oficial do TRT/PB no YouTube, que também transmitirá a solenidade do CSJT e, em seguida, a posse das juízas Larissa Leônia Bezerra de Andrade Albuquerque, Karolyne Cabral Maroja Limeira e Mariana Petit Horácio de Brito como juízas do trabalho substituto da 13ª Região. A posse será conduzida pelo presidente do TRT/PB, desembargador Leonardo Trajano.

Paraibanas

A juíza Larissa Leônia Bezerra de Andrade Albuquerque foi removida, a pedido, do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (Distrito Federal). Paraibana de João Pessoa, a magistrada vai ocupar vaga decorrente da promoção da Juíza Ana Paula Cabral Campos.

A juíza Karolyne Cabral Maroja Limeira é egressa do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (Rio Grande do Norte). Nascida em João Pessoa, atualmente morando em Natal, ela pediu remoção para o Estado de origem e vai ocupar a vaga decorrente da promoção do Juiz Adriano Mesquita Dantas.

E a juíza Mariana Petit Horácio de Brito é natural de Campina Grande e está na magistratura desde 2013. Foi removida, a pedido, do Tribunal Regional do Trabalho da 20ª Região (Sergipe) para o TRT/PB, em vaga decorrente da promoção do Juiz David Sérvio Coqueiro dos Santos.

Saiba mais sobre o Concurso Nacional Unificado.

Saiba mais sobre o Procedimento Unificado de Remoção de Juízes do Trabalho Substitutos.


Assessoria de Comunicação Social