Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2021 > 03 > Planejamento Estratégico do TRT-13 dará início a reuniões com áreas técnicas

Notícias

Planejamento Estratégico do TRT-13 dará início a reuniões com áreas técnicas

A partir da próxima semana, serão levantados os dados para definir indicadores e metas para próximo sexênio 2021-2026

Ações do documento

publicado: 11/03/2021 18h27 última modificação: 11/03/2021 18h27

Começam na próxima semana as reuniões com os integrantes das áreas técnicas que vão participar da próxima etapa na preparação do Planejamento Estratégico para o ciclo 2021–2026 do Tribunal Regional do Trabalho da 13ª Região. Nessas reuniões, serão levantados os dados que serão considerados na definição dos indicadores e metas.

O Planejamento Estratégico é composto das perspectivas Sociedade, Processos Internos e Recursos (Pessoas, TI e Financeiro). Assim, serão analisadas com as áreas técnicas as propostas de redação para os Indicadores e, principalmente, do levantamento de dados, dentro de uma série histórica, para subsidiar o Comitê de Governança Institucional na formulação das  metas a serem atingidas até dezembro de 2026.

As reuniões serão agendadas e coordenadas pela Assessoria de Gestão Estratégica, a partir da próxima semana (15/03).

Serão realizadas reuniões com as seguintes unidades: Diretoria-Geral da Secretaria, Secretaria de Gestão de Pessoa e Pagamento de Pessoal, Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação, Secretaria de Planejamento e Finanças, Secretaria-Geral Judiciária, Secretaria de Corregedoria, Núcleo de Contratos, Núcleo de Saúde, Coordenação de Arquitetura, Engenharia, Manutenção e Limpeza, entre outros.

 Implantação do Plano Estratégico no Poder Judiciário

O Planejamento Estratégico para o Poder Judiciário foi implantado em 2009 pelo CNJ, o Conselho Nacional de Justiça. O primeiro ciclo durou cinco anos, entre 2010 a 2014. E o segundo ciclo foi de 2015 a 2020. O Planejamento Estratégico abrange todos os segmentos de Justiça: Trabalhista, Estadual, Federal, Eleitoral e Militar.

Agora, o TRT-13 começa a preparar o Planejamento Estratégico para os próximos 6 anos, que vigorará de 2021 a 2026. Existem as resoluções que fazem esse regramento: a 325/2020 do CNJ, e a 259/2020 do CSJT, o Conselho Superior da Justiça do Trabalho. Essas duas resoluções foram editadas no final do ano passado, ditando a regra de como deve ser feito o novo Planejamento Estratégico para esse novo ciclo.