Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2019 > 11 > Correições nas Varas de Guarabira e Santa Rita foram concluídas

Notícias

Correições nas Varas de Guarabira e Santa Rita foram concluídas

Unidades se destacaram no cumprimento de metas

Ações do documento

publicado: 20/11/2019 16h23 última modificação: 20/11/2019 16h24

O vice-presidente e corregedor do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), desembargador Leonardo Trajano encerrou, na semana passada, as correições ordinárias previstas no calendário para o ano de 2019 nas 27 Varas do Trabalho. As duas últimas correições aconteceram nas Varas do Trabalho de Guarabira e de Santa Rita. As atas estão disponíveis no site do TRT (www.trt13.jus.br), no portal da Corregedoria.

Em Guarabira, o desembargador Leonardo Trajano ressaltou um evidente esforço da Vara para a melhoria na qualidade da prestação jurisdicional em relação à última visita correicional. Destacou o cumprimento da meta 2/2019 (Identificar e julgar até 31/12/2019 pelo menos 92% dos processos distribuídos até 31/12/2017 no 1º e no 2º graus), bem como na redução do tempo médio de duração do processo.

O corregedor recomendou aos magistrados e servidores que intensifiquem a adoção de medidas voltadas à pacificação dos conflitos em consonância com o fim social que norteia a Justiça do Trabalho, para que, ao final deste ano, a unidade alcance a Meta 3 do CNJ (Manter o índice de conciliação na fase de conhecimento, em relação ao percentual do biênio 2016/2017).

Enalteceu o serviço prestado pelos que integram a Vara e ressaltou que “a busca da otimização das rotinas procedimentais garantirá a celeridade processual e um atendimento de qualidade aos jurisdicionados”.

O juiz titular da VT de Guarabira é Antônio Cavalcante da Costa Neto e o substituto é Albérico Viana Bezerra. O diretor de secretaria é o servidor Flávio Félix do Nascimento.

Índice satisfatório de conciliação

Em Santa Rita o desembargador Leonardo Trajano elogiou a atuação da Vara, que já cumpriu a Meta 1, como também da Meta 2/2019, ambas do CNJ. Além disso, a unidade vem atingindo índice de conciliação satisfatório. O corregedor destacou ainda o cumprimento parcial da Meta 3, o que revela a habilidade dos juízes na pacificação dos conflitos sociais privilegiando os princípios da economia e celeridade processual.

Diante dessas considerações o serviço prestado por todos aqueles que integram a 1ª Vara de Santa Rita foi enaltecido. Na unidade o desembargador foi recebido pelo juiz titular Antônio Eudes Vieira Júnior, pelo juiz substituto, Fernando Luiz Duarte Barboza, pelo diretor de Secretaria, Luciano Guimarães e demais servidores.

Jaquilane Medeiros