Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2010 > 02 > Calendário de correições do TRT 2010 já foi iniciado

Calendário de correições do TRT 2010 já foi iniciado

Ações do documento

publicado: 23/02/2010 11h20 última modificação: 30/09/2016 10h17

O Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba já iniciou o calendário 2010 das Correições Ordinárias Periódicas. A 1ª Vara do Trabalho de Santa Rita será a primeira a passar por correição, que será feita pelo desembargador Paulo Maia Filho, vice-presidente do TRT.

Na fiscalização o vice-presidente examinará, principalmente, os prazos processuais, a efetividade da Justiça e a utilização de ferramentas eletrônicas, a exemplo do Bacenjud, Renajud e Infojud, entre outros. Também ficará à disposição das partes envolvidas nos processos e de advogados, receberá manifestações e conversará com os juízes e servidores da unidade.

No mês de março acontecem correições nas Varas do Trabalho de Areia, Catolé do Rocha e Picuí. Em abril em Cajazeiras, Sousa, Itaporanga e Itabaiana. No mês de maio em Monteiro, na 1ª Vara do Trabalho de João Pessoa e em Guarabira. Já no mês de junho as correições estão programadas para a 3ª Vara do Trabalho de João Pessoa e 1ª VT de Campina Grande.

Segundo o secretário da Corregedoria, Aryoswaldo Espínola, o calendário poderá ser alterado. Se isso ocorrer, a comunicação será feita com antecedência no portal da corregedoria do TRT. Para checar a data de cada correição no ano de 2010, o interessado pode consultar o link do calendário:

http://www.trt13.jus.br/corregedoria/index.php?view=article&catid;=52%3Acalendario-correicoes&id;=850%3Acalendario-das-correicoes-2010&option;=com_content&Itemid;=71.

Correição eletrônica

Em 2009, todas as 27 Varas do Trabalho da Paraíba e Centrais de Mandados Judiciais e Distribuição dos Feitos dos Fóruns de João Pessoa, Campina Grande e Santa Rita, foram correicionadas. A grande novidade no ano passado foi a realização da primeira correição eletrônica realizada pelo presidente do TRT, desembargador Edvaldo de Andrade.

O pioneirismo aconteceu na 8ª Vara do Trabalho de João Pessoa. Do próprio gabinete de trabalho, na sede do TRT, o presidente e corregedor, desembargador Edvaldo de Andrade e a equipe da Corregedoria-Geral, examinaram os processos e apresentaram, on line, todas as observações em relação à tramitação, os chamados ‘despachos correicionais’.

O procedimento só foi possível porque as nove Varas do Trabalho de João Pessoa são 100% eletrônicas. A partir desta realidade, a Secretaria de Tecnologia da Informação do Regional criou um programa que permite que os processos a serem correicionados, sejam gerados eletronicamente.

Como a Correição foi à distância, o presidente foi à VT, apenas para conversar com os magistrados e servidores, receber advogados e fazer a leitura da Ata.