Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2009 > 08 > Leilão arrecada R$ 420 mil somente na parte da manhã

Leilão arrecada R$ 420 mil somente na parte da manhã

Evento vai continuar no período da tarde e só será encerrado às 17h

Ações do documento

publicado: 18/08/2009 15h09 última modificação: 30/09/2016 10h18

Somente no turno da manhã o mega-leilão promovido pelo Tribunal Regional do Trabalho já havia arrematado 33 lotes que, somados, chegam a uma arrecadação de R$ 418.781,00.

O evento foi aberto oficialmente pelo presidente do TRT, desembargador federal Edvaldo de Andrade, que agradeceu a presença de todos e desejou que tudo transcorresse em harmonia.

Presidido pela juíza Tais Priscilla Souza, o leilão, que faz parte do Projeto Arrematar terá prosseguimento nesta tarde e só será encerrado às 17h no auditório do Fórum Maximiano Figueiredo. De acordo com a juíza Tais Priscilla, antes de iniciar o evento, 68 processos foram retirados do leilão, já que houve acordo e as partes liquidaram os débitos trabalhistas. Entre os bens retirados estão o Esporte Clube Cabo Branco, Hotel Ouro Branco e o Iate Clube da Paraíba. O leiloeiro oficial é Alexandre Nunes.

TRT de Pernambuco conhece o Arrematar

O presidente do TRT, desembargador Edvaldo de Andrade recebeu, ao lado da juíza Tais Priscilla, os juízes do TRT de Pernambuco (6ª Região), Guilherme de Morais Mendonça e Lucas de Araújo Cavalcanti. Os magistrados vieram conhecer de perto o funcionamento do Projeto Arrematar.

O juiz ouvidor do TRT pernambucano, Guilherme de Morais Mendonça, disse que o projeto é uma ferramenta importante para as soluções trabalhistas e elogiou a iniciativa do TRT paraibano. “Queremos parabenizar o Tribunal da Paraíba por tão brilhante idéia, pois o Projeto Arrematar é essencial para solucionar dívidas trabalhistas. O processo será implantado em Pernambuco”, disse o ouvidor.