Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2008 > 07 > Amatra 13 apoia Seminário sobre “O admirável mundo novo dos BRICs”

Amatra 13 apoia Seminário sobre “O admirável mundo novo dos BRICs”

Ações do documento

publicado: 23/07/2008 14h06 última modificação: 30/09/2016 10h20

Com o apoio da Associação dos Magistrados do Trabalho da Paraíba – Amatra 13, o Centro Cultural Zarinha realiza, no período de 24 a 26 o seminário “O admirável mundo novo dos BRICs”. O evento tem como objetivo apresentar os principais atores da nova ordem mundial (BRICs) e explicar o impacto das mudanças por eles impostas não só no quadro da geopolítica mundial, como também, e principalmente, em suas próprias economias.

Além disso, o seminário visa proporcionar informações atualizadas acerca do panorama internacional, oferecendo subsídios teóricos necessários para planejamentos seguros em áreas como administração, turismo, finanças, políticas públicas e capacitar professores, pesquisadores e estudantes para o debate de temas de grande interesse nacional, a partir de análises fundamentadas e estatísticas de alta precisão nos campos sociais, políticos e econômicos.

O seminário é dirigido a economistas, empresários, administradores, investidores, gestores públicos, turismólogos, diplomatas, professores e estudantes (universitários e pré-universitários e terá como ministrante o professor Demétrio Magnoli, que é também sociólogo, doutor em Geografia Humana pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH-USP) e integrante do Grupo de Análises de Conjuntura Internacional (Gacint) – USP. Organizador e Co-autor de História das guerras (Editora Contexto) e História da Paz.

BRICs

O discurso sobre a globalização foi inaugurado com George Bush, o pai, que anunciou, em 1991, a alvorada de uma “nova ordem mundial”: a hegemonia incontestável dos Estados Unidos no novo século. Sob Bill Clinton, esse discurso ganhou um tom otimista, típico dos anos dourados da euforia nos mercados financeiros internacionais: a “sociedade em rede”, a “revolução da informação”, uma cidadania global.

George Bush, o filho, à sombra do 11 de setembro de 2001, proclamou a noite dos tempos: “guerra ao terror”. Ao mesmo tempo, os teóricos da globalização apontam na direção de uma nova configuração do poder mundial. Nela, o predomínio do “Norte” daria lugar à multiplicação de pólos de poder global, com a emergência dos BRIC, o novo termo da linguagem da globalização, montado pelas iniciais de Brasil, Rússia, Índia e China.

O termo, criado por um artigo de 2003 do banco de investimentos Goldman Sachs, veicula uma tese. O crescimento econômico dos BRIC ativa novos fluxos internacionais e reconfigura a paisagem mundial. Em um futuro próximo, tão próximo que é quase presente, os pólos econômicos tradicionais – os Estados Unidos, a União Européia e o Japão – enfrentarão os desafios postos pelas grandes economias emergentes da Ásia, América do Sul e Europa Oriental. No lugar do mundo unipolar que parecia se configurar na hora do encerramento da Guerra Fria, emerge um mundo multipolar – ou “apolar”, na expressão de Richard Haass. Há verdade nessa tese?

Programação:

Quinta-feira - 24 de julho, às 20h – Abertura do Seminário e Lançamento do Livro “História da Paz” e da Revista Interesse Nacional.

Sexta-feira - 25 de julho das 19h às 22h – Seminário parte I

Sábado - 26 de julho das 19h às 22h – Seminário parte II

Investimento: (certificado incluso)

Inteiro: R$ 100,00 – Estudante: R$ 50,00

Vagas: 100

Adquira seu ingresso na Livraria Esquina das Letras

Av. Nego, 140 - Tambaú

fone: 4009-1130

Mais informações: www.zarinha.com.br