Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2008 > 01 > Plano de Ação Integrada é apresentado em Cajazeiras e Sousa

Plano de Ação Integrada é apresentado em Cajazeiras e Sousa

Ações do documento

publicado: 30/01/2008 11h26 última modificação: 30/09/2016 10h21
As Varas do Trabalho de Cajazeiras e Sousa tiveram a oportunidade, em dezembro de 2007, de conhecer o PAI – Plano de Ação Integrada. Trata-se de um projeto criado em 2004 pelo Núcleo do Processo de Qualidade – NPQ, com o objetivo de integrar as Varas do Trabalho do interior do Estado a sede do TRT, para nivelamento e implantação das ações e ferramentas do Processo de Qualidade, já implatadas, com sucesso em João Pessoa.

O PAI é dividido, estrategicamente, em 5 etapas iniciais, que propiciam desdobramentos, como o aprimoramento pessoal, a melhoria no atendimento e a organização geral no âmbito das atividades administrativas e jurídicas com base na Missão, Visão e Valores do Tribunal, em sintonia com o Modelo de Execelência preconizado pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização – GESPÚBLICA.

A realização da 1ª etapa do PAI nas VT’s de Cajazeiras e Sousa foi vitoriosa, na medida em que os servidores compreenderam a magnitude do projeto, onde foram observados as possibilidades reais de inclusão no processo de qualidade, o crescimento pessoal, a melhoria das relações interpessoais e das condições de trabalho e a utilização dos serviços do NPQ relacionados com Fluxogramas, Sistema 5S, Ambiente de Trabalho, Planos de Ação, Planejamento, GESPÚBLICA, entre outros.

De acordo com o chefe do Núcleo do Porcesso de Qualidade do TRT, Gilvan Azevedo, o PAI se coloca como um canal de comunicação e de solução de problemas, de forma pioneira, preenchendo as lacunas que faltavam no gerenciamento das diversas atividades.

“Os servidores que participaram da 1ª etapa do PAI, vivenciaram um clima de descontração, seriedade, envolvimento, confiança e responsabilidade, pois o encontro contou com várias dinâmicas de grupo, reflexões de textos, debates e exposição dos assuntos, através de recursos audiovisuais de última geração”, declarou Gilvan Azevedo.

Segundo ele, a reflexão sobre fluxogramas enfatizou a sua importância na organização das diversas atividades nas Varas do Trabalho, facilitando a padronização das tarefas e a organização de métodos.Não menos importante foi a possibilidade de se tornar realidade a inauguração de uma Área de Integração Cultural nos moldes da que existe no TRT-sede há 15 anos, propiciando a participação de servidores, juizes e público em geral com trabalhos técnico-científicos e artísticos.

Para Gilvan Azevedo, a implantação do PAI nas Varas do Trabalho do Interior do Estado é na realidade, a prova do comprometimento e empenho pessoal da atual administração, quando inclui na sua agenda, a continuidade dos bons projetos de administrações anteriores e de forma inadiável a implantação de novos projetos.

No encerramento das atividades os facilitadores e servidores do TRT, Gilvan Azevedo e Fátima Vieira saudaram a todos e convidaram os participantes a se envolverem no processo de melhoria contínua.

Abaixo fotos na Vara do Trabalho de Cajazeiras.







A seguir fotos na Vara do Trabalho de Sousa.