Ferramentas Pessoais
Você está aqui: Página Inicial Planejamento Estratégico 2010-2014 Cérebros em equipe
MANUAIS DOS SISTEMAS

 

                                                                           

                                                                                    http://novoegestao.tst.jus.br/BOE/portal/1511191610/InfoView/common/appService.do?service=skinning&resource=img&img=img.login.banner.logo

                                 1º Grau

                                 2º Grau

Manual Basico

 

Manual do Descarte

Descarte

 Limpar e organizar…

é só começar!

 

Cérebros em equipe

Imagem texto 10

http://www.cnj.jus.br/estrategia/index.php/cerebros-em-equipe/

 

CÉREBROS EM EQUIPE



Sua equipe tem medo ou respeito por você? Para identificar é simples: se ela te obedece e não questiona, isso é medo e está trabalhando sob pressão. Se a equipe traz resultado, questiona e participa, então ela o respeita e o ambiente de trabalho é mais saudável. Aproveite o potencial da ferramenta que realmente faz a diferença na empresa: o cérebro da sua equipe.

Liderar não é sinônimo de ser autoritário. O verdadeiro líder tem a confiança e o apoio das pessoas pelos seus méritos, pela capacidade de unir e motivar grupos em torno de um mesmo objetivo. Assim, uma participação ativa e um alto conhecimento do dia a dia dos colaboradores e de todos os setores da empresa são características do líder.

Um líder trabalha de maneira transparente, tem sensibilidade e percepção para lidar com as pessoas, sabe identificar talentos. Liderar, muitas vezes, é deixar o ego de lado e identificar a hora certa de delegar tarefas, de reconhecer e corrigir seus erros, afinal, esse reconhecimento faz parte do aprendizado da liderança. A atuação do líder inclui se colocar lado a lado dos membros de sua equipe, dando suporte e valorizando habilidades e resultados.

Você já deve ter ouvido inúmeras vezes a frase: “Uma empresa é feita de pessoas”. Mas, na prática, já parou para refletir sobre o que isso significa? Em poucas palavras, quer dizer que o sucesso do seu negócio está diretamente ligado ao time que o compõe.  Vale ressaltar a importância da qualidade das informações que circulam na empresa. Você já deve ter lido ou ouvido que o seu “cliente interno” deve ser o primeiro a saber de todas as diretrizes, mudanças e decisões da empresa. Afinal, ninguém “vende” melhor a sua empresa do que o seu colaborador.

Por isso, reavaliar a gestão de pessoas ou o seu RH é fundamental. Como você está lidando com as pessoas que fazem a sua empresa, deve estar entre as suas prioridades. Reuniões periódicas, ações de integração, como eventos, treinamentos, atividades fora da empresa, devem estar incluídos no seu planejamento anual. Os departamentos de RH, Marketing e Comunicação podem ser seus grandes parceiros nessa hora. Caso não conte com esses departamentos e independente do tamanho da sua empresa, inclua na sua agenda encontros com sua equipe, seja ela composta por duas, dez ou 100 pessoas.

Um simples café da manhã, um almoço ou um lanche são oportunidades de estreitar o relacionamento com o seu colaborador, a fim de ouvir suas ideias, sentir como anda a sua motivação e como ele enxerga o local onde trabalha. Frase feita, porém nada substitui o “olho no olho”. Lembre-se: Falar e comunicar é importante, mas ouvir seu colaborador é fundamental, você aprenderá muito com ele. Tente, vale a pena, invista no relacionamento com o seu cliente interno. Não use a desculpa da correria do dia a dia, pois sem essa prática, dificilmente sua equipe trará resultados e crescimento contínuos para a empresa.

Seja você um empresário ou gestor, pense nisso!

Ações do documento

Capa book planejamento

« Outubro 2019 »
Outubro
DoSeTeQuQuSeSa
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031